O Spotify pelo visto está embalando uma sequência de boas notícias. Depois de anunciar Quarta (6) a compra da Gimlet e da Anchor, o serviço de streaming de música agora confirmou que ela enfim se tornou um negócio rentável.

“Pela primeira na história da companhia, os lucros de operação, rede e do fluxo de caixa saíram todos positivos.” declarou a empresa em um anúncio oficial aos acionistas enviado no fim da tarde de ontem, em que a plataforma também afirma ter lucrado cerca de 94 milhões de euros – algo em torno de 396 milhões de reais – no último trimestre de 2018.

Além do resultado positivo no lado financeiro, o Spotify também confirmou no relatório que seu streaming está sendo mais usado do que nunca pelo mundo. Com 96 milhões de assinantes acumulados ao longo de seus 13 anos de existência, a empresa afirma agora ter um total de 207 milhões de usuários ativos na plataforma.

Nem tudo é Sol e alegria, porém. No mesmo anúncio, a empresa comandada por Daniel Ek já antecipa que 2019 deve muito provavelmente mergulhar o serviço no vermelho de novo, prevendo perdas de 50 a 100 milhões de euros (210 e 420 milhões de reais) só neste primeiro trimestre, retornando a marca à sua condição habitual.

Fonte