Eleições interativas, campanha livre – Daniel Bryan

Reta final e #ViradaPaulista em clima de otimismo e foco. Interagentes dialogam propostas, ideais e valores. O argumento é a arma, bom relacionamento a relevância, coletivo a inteligência, remix a criatividade, e a Internet, o grande campo de batalha.

Olhamos para os últimos 16 anos em São Paulo e vemos atrasos na educação, transporte, saúde, segurança pública e outros. Surge então o Candidato do Futuro com propostas para fazer por São Paulo o que o Lula fez pelo Brasil. @Mercadante representa um salto de qualidade e seus desafios começam ser vencidos com muita Inovação em sua Campanha 2.0.

Economia da Atenção

Os desafios para uma campanha 2.0 em São Paulo são muitos, em resumo, o cinismo e o preconceito (por @samadeu) dos paulistas, a blindagem da mídia tradicional (e portais 1.0) e a exclusão digital.

O primeiro se vence com informação e argumento, o segundo com meios mais democráticos e descentralizados como a Internet e o último promovendo um ambiente para eventos amigáveis, como as redes sociais (Facebook e identi.ca), no caso da campanha, a RedeMercadante.

@RedeMercadante é um espaço 2.0 com grupo estratégico de articulação na Web, onde sua importância está na capacidade de construir relacionamentos e diálogos – desta maneira a ideia se multiplica, viralizando diferentes vozes e opiniões para alcançar resultados nunca antes vistos.

Se na Web tod@s podem falar, subir seus textos, debater ideias nos mais variados suportes, então podemos afirmar que muito dinheiro viabiliza a melhor estrutura para eleger um candidato na web?

Errado, esta é a lógica da mídia tradicional que não se aplica no virtual, lógica que Alckmin do PSDB usa até hoje em sua campanha digital porque depende de uma indústria da intermediação, ele gastou 3X mais que o #Mercadante para fazer muito menos.

Na Internet, interagentes não são fantoches condicionados a mudar ou não de canal. Subestima-se a capacidade crítica de uma inteligência coletiva que oriunda das redes e que são ávidos por construção de relacionamentos.

Como chamar e reter a atenção em um universo tão vasto de informações? Sendo de fato relevante.

“O que a informação consome é óbvio: consome a atenção de quem a recebe. Por isso, uma grande riqueza de informação cria pobreza de atenção e a necessidade de alocar efetivamente a atenção em meio a uma superabundância de fontes de informação que podem consumi-la” (ADLER, Richard. A conquista da atenção, p. 17).

A equipe do #Mercadante saiu na frente do #Alckmin, pois entenderam a lógica das redes, conhecem a Internet longe de preconceitos, intrusões, monopólios e interesses de terceiros. Sabem que aqui (ciberespaço) as regras são outras, a mídia tradicional, o dinheiro, sites bonitos e falar bem diante das câmeras agora são remodelados em uma nova ordem.

Se quiser minha atenção então seja inteligente e saiba conquistar!

Em São Paulo, o Candidato do Futuro está se saindo muito bem, usando o potencial das redes com inteligência a seu favor e assim diminuindo a cada dia a vantagem do seu opositor. Se já mostrou Inovação no uso da Internet, assim como Barack Obama fez, imagine o que ele fará por São Paulo?

E você… o que pensa sobre as eleições interativas?

Mercadante na Internet, ver imagens no slider.

Vídeo interativo EuComLula foi sucesso inusitado, seu efeito viral provocou enorme participação com toque de alegria.
RedeMercadante.com.br – Rede social feito em sistema totalmente free.
48hdemocracia.com.br
Cobertura cidadã dos últimos momentos das eleições de 2010.
EuComLula.com.br
Vídeo interativo onde é possível inserir imagem para aparecer junto ao Lula, Suplicy, Dilma e Mercadante. No final gera um link que você pode enviar para seus amigos por e-mail.
De Volta para o Futuro
Seriado em trash vídeo que utiliza o humor para tratar dos problemas de São Paulo. Mais de 8 mil acessos em único dia, destaque do Blog Conversa Afiada e Portal Vermelho.
Petista lideram nas redes sociais